FANDOM


CUIDADO, SPOILERS!!!


Courtney DiLaurentis era a irmã gêmea de Alison e amiga de Spencer Hastings, Aria Montgomery, Hanna Marin e Emily Fields sob a identidade da irmã.

Foi assassinada por Alison com a ajuda de Nick Maxwell, empurrada para o buraco de um futuro gazebo no quintal da casa dos DiLaurentis, morrendo pela queda.

História

Muitos pensam que Courtney era a irmã louca e que Alison era a vítima, no entanto, é revelado em Os Segredos de Ali que Alison obrigava a irmã gêmea a se passar por ela, sendo então, Courtney, diagnosticada com Esquizofrenia paranoide, apesar de não ser louca.

Antigamente, quando crianças, as meninas eram muito amigas, porém, Alison, com ciúmes da grande popularidade de sua irmã, queria se tornar "estrela única", e a forçava a fingir ser ela, dizendo que coisas ruins aconteceriam com elas e com a família se Courtney não fizesse isso. Alison a pressionou tanto, que um dia Courtney simplesmente não aguentou mais. Atacou-a fisicamente, conforme Alison esperava, e os pais descobriram. Chamaram os psicólogos e... deu no que deu. Alison lidou com equilíbrio, mas Courtney entrou em pânico e revelou que Alison a ameaçava (que tipos de psicólogos são esses, ou melhor, que tipo de diagnóstico é esse!). Courtney foi depois mandada à um hospital psiquiátrico, por insistência de Ali, para suposta segurança de todos. Elas tinham nove anos, até ali.

Três anos se passam e as gêmeas tem doze anos até então. Após o hospital psiquiátrico em que estava fechar, Courtney tinha esperanças de que pudesse ficar em casa, desta vez, permanentemente. Entretanto, Alison, não querendo isso, acusou falsamente Courtney de ameaçá-la. Os pais DiLaurentis procuraram então uma nova instalação para Courtney.

Mas Courtney não queria ir. Resolveu então, pela primeira vez, fingir ser Alison propositalmente, sem a irmã a obrigá-la. Para isso, furtou o anel de Alison, que continha sua inicial, quando a mesma fora lavar a louça na noite passada.

Na manhã do dia em que iria para um novo hospital psiquiátrico, desceu e espiou a cozinha, mas não entrou. Viu que Alison procurava impacientemente seu anel, e que Jason comia cereal na bancada. Subiu para o quarto de hóspedes e vestiu roupas parecidas com as de Alison e foi para a cozinha.

O Sr. e a Sra. DiLaurentis estavam no quarto se trocando para levar a filha ao hospital psiquiátrico, e Jason em algum momento sai, deixando Alison e Courtney sozinhas. Courtney vê as Liars em seu quintal e fala à Alison. Alison ignora o fato e provoca Courtney. As Liars escutam os gritos maliciosos de dentro da casa e uma voz parecida com a de Ali, no entanto, a voz maliciosa era na verdade, de Alison, e a outra de Courtney.

Courtney tenta se segurar, mas acaba revelando que Jason estava com o seu pedaço da bandeira da Cápsula do Tempo, para a a irritação de Ali. No exato momento Jason aparece e ela vê o pedaço de sua bandeira em seu bolso. Reclama e tenta pegar, mas Jason não deixa, porém Alison vê o suficiente: Courtney desenhara um poço dos desejo nele; apenas para deixar sua marca em algo que Ali cobiçava tanto; e elas discutem e Ali xinga a irmã, irritando Jason. Não se importando, Ali o empurra e um prato cai da prateleira; em seguida ela vai para o quarto. Jason fica irritado com Courtney por achar que ela que tinha começado tudo e sai. Courtney se sente mal, mas Jason já havia saído.

E é aí que ela vê a sua chance.

A sra. DiLaurentis desceria e encontraria a bagunça na cozinha, o prato quebrado no chão. Perguntaria às gêmeas quem teria feito aquilo. Uma estaria no quarto, dentro da casa. Mas e a outra, se a outra estivesse do lado de fora, conversando amigavelmente com quatro meninas desconhecidas do colégio? A sra. DiLaurentis não desconfiaria, certamente.

Então Courtney sai da casa e se apresenta para as Liars como Alison. Vê que já as engana e prossegue. A sra. DiLaurentis, como previsto, desce e sai da casa. Espia pela porta e vê Courtney. Hesita, mas por fim se convence. Courtney acena impacientemente para a mãe como se fosse não fosse nada, e a sra. DiLaurentis sai.

No quarto, Alison fica chocada e insiste que é Alison, mas como Courtney já foi pega fingindo ser a irmã, os pais não acreditam e a levam no lugar da gêmea. Além disso, Ali estava sem o seu anel com sua inicial (furtado por Courtney), coisa que fazia com que os pais conseguissem distingui-las, geralmente.

Courtney encerra sua conversa com as meninas, e as mesmas vão para suas respectivas casas. Dentro da própria casa, Courtney se sentia animada e ansiosa. Percebendo que teria que levar o plano adiante, sobre para o quarto de Alison e lê seu diário.

Ela vê que o diário de Alison estava cheio de piadinhas obscuras sobre segredos misteriosos de Naomi e Riley (amigas de Alison na época), que ela não conseguia entender de jeito nenhum. Percebeu que teria que se livrar de Naomi e Riley, pois elas logo perceberiam que ela não era Alison. Resolveu então escolher novas amigas, e as quatros meninas que estavam em seu quintal naquele dia passaram por sua mente. Não conheciam realmente Alison, então não haveria problema, já que se mal a conheciam, não teriam como desconfiar de nada.

Ela escuta o barulho de alguém entrando na casa e fica tensa, pensando se os pais estariam trazendo Alison de volta, percebendo a confusão que fizeram. Mas não, era Jason. Aparentemente não a reconheceu, chamando-a de "Ali", e perguntando se ela estaria feliz agora que Courtney saíra. Sem se atrever a responder, ela apenas assente.

Jason volta para seu próprio quarto e Courtney vai para o quarto de hóspedes, o seu antigo quarto temporário. De lá, tira da gaveta da escrivaninha o anel de Alison que furtara antes. Coloca-o no mesmo dedo em que Ali o usava e o posiciona em direção à luz. Feliz por seu plano ter dado certo, diz uma de suas muitas faladas frases: "- Eu sou Ali e eu sou fabulosa."

Mais ou menos um ano e meio ou mais se passam. O capítulo começa com Courtney sendo a "Abelha Rainha" da escola, dominando tudo e todos, sob a identidade falsa da irmã. Lidara bem os primeiros dias no colégio Rosewood Day, talvez um tanto atrapalhada e cometendo algumas gafes, mas conseguiu se virar. Elogiara aqui e ali as Liars, e por fim acabaram se aproximando, tornando-se amigas e trocando segredos. Courtney não revela que ela não era Ali, no entanto, mas as amigas, achando que ela era Alison, falam segredos seus para ela pois Courtney conseguia ser manipuladora tanto quanto a verdadeira Alison, assim como insistente e um tanto vingativa.

Ela se sente muito grata às amigas, porém, por elas estarem naquele momento crucial em que tudo poderia ter dado errado, mas tenta não demonstrar, fazendo seu papel como Alison, uma Abelha Rainha e manipuladora, uma autêntica v**** (sacaram).

Por conta desse papel, trata as amigas um tanto mal. De tanto tempo fingindo ser Alison, acaba pensando como ela e sentindo-se superior às meninas, esnobando-as um pouco. Na realidade, Courtney era a "gêmea boa", doce e simpática, mas em seu papel como Alison, virou uma garota sádica, calculista e manipuladora.

No hospital psiquiátrico, durante todo esse tempo em que Courtney se passava por Alison, a verdadeira Alison insistia que era Ali. Os médicos não acreditavam nela, no entando, então Alison percebeu que teria que fingir ser Courtney, para parecer que melhorou e voltar para casa.

E assim ela o faz. Courtney, com sua amizade meio tensa com as garotas; que já estavam meio cansadas de serem manipuladas; surta ao pensar em Alison tomando sua vida de volta e ela voltando para o hospital psiquiátrico. Insiste para os pais não o fazê-lo, mas alheios à tudo, não entendem e afirmam que logo a trarão para casa.

Coisas acontecem (não irei detalhas) e ela por fim conhece Nick Maxwell. Com o tempo, se sente atraída por ele pois de acordo com Nick, ele havia meio que dado um fora nela antigamente (na verdadeira Alison). Determinada a conseguir algo que Alison não conseguiu, se aproxima dele e ficam como namorados. Tudo acaba, porém, quando Ian Thomas aparece.

Courtney havia feito um trato com ele: se ele beijasse Spencer, ela o beijaria. Ian beijou Spencer e apareceu em seu encontro com Nick justamente para cobrá-la pela promessa. Alison estava no banheiro, e Nick, do lado de fora, onde faziam um piquenique. Ian acaba beijando-a e ela meio que retribui involuntariamente. Nick entra justamente naquele momento no banheiro e fica chocado. Termina com Courtney, deixando ela à beira das lágrimas.

Sente-se muito deprimida e joga a frustação, mágoa e medo nas amigas, resultando em seu afastamento com elas. Ameaça revelar alguns de seus segredos, parecendo tão manipuladora e cruel quanto a verdadeira Alison, o que afasta sua mágoa e medo, e também suas amigas.

Então Alison voltou para casa, suas identidades trocadas. Ela se finge de doce e de vítima, mas Courtney não cai nessa, do contrário de sua família, que pareciam acreditar em cada palavra de Alison(no caso, "Courtney").

Quando a família não via, ela mandava ameaças à Courtney de que tomaria a vida de volta. Temerosa, não quer que as amigas encontrem-a. As Liars, uma vez, encontram a verdadeira Alison no quarto de Courtney (que era o antigo quarto de Alison, que Courtney tomou, assim como a sua identidade) e ficam confusas, mas não suspeitam de nada.

Chega o dia da festa do pijama da sétima série, dia em que "Alison" desapareceu. Spencer e Courtney acabam dicutindo, e Courtney sai. Do lado de fora, Alison a esperava.

Elas discutem e acabam numa briga física. Alison quer que elas assumam suas verdadeiras identidades, mas Courtney se recusa. Então Alison a arrasta para o buraco do gazebo de seu quintal. Courtney conversa com ela para ganhar tempo, mas alguém aparece. Alison então a empurra, e Courtney escuta a voz do cúmplice de Alison, reconhecendo-o. Sente-se traída, mas morre logo em seguida.

~~Madeline T.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.